A revista saúde da editora abril traz na ediçao de fevereiro/10, uma reportagem sobre a massagem na guerra contra o câncer. Um estudo feito  pela Collinge Assciates, uma associação americana que investiga os efeitos  de terapias complementares, constatou que os toques tem um profundo impacto na  qualidade de vida nas pessoas que enfrentam um tumor. Segundo William Collinge que foi professor da Universidade da Califórnia, o seu estudo atesta cientificamente que a massagem deve ser considerada uma terapia de suporte eficaz.

A revista, ainda nesta matéria diz ” diferentemente do que se pensava até anos atras a massagem não facilita a disseminação de células cancerosas no organismo, isto é, a metastase.”  Mas cada caso deve ser analisado pois existem casos não indicados como quando o tumor já se espalhou pelos ossos pois há o risco de fraturas.

Agora, com uma boa análise da situação do paciente, podemos encontrar áreas seguras e causar um efeito muito positivo. É o caso muitas vezes das  mãos, pés  e cabeça.